O programa de tratamento assenta no modelo Biopsicossocial Integrado, estruturado em torno da planificação individual e grupal, organizado em três fases distintas interligadas e integradas num contínuo temporal.

• Programa Geral (12 a 18 meses);

• Duplo Diagnóstico (12 a 18 meses);

• Programa de Longa Duração (36 meses);

• Programa Específico para Alcoólicos (6 a 12 meses);

• Programa Específico para Menores.

•Programa Geral (12 a 18 meses)

Grupo de Entrada (15 dias a 1 mês):

- Avaliação física, psicológica e social;

- Adaptação às regras e funcionamento da comunidade;

- Adaptação ao grupo e ao funcionamento grupal;

- Melhorar hábitos de saúde, higiene e reabilitar a condição física;

- Compreender e estar motivado para a necessidade de um projeto terapêutico;

- Elaboração da carta de apresentação ao grupo de primeira fase onde se especificam os objetivos pessoais do projeto.

Primeira Fase (mais ou menos 3 meses):

 

- Redução dos contatos com exterior;

- Iniciação do trabalho psicoterapêutico propriamente dito;

- Inicio da redução da medicação, nomeadamente da terapêutica de substituição mediante a supervisão psiquiátrica;

- Integração na dinâmica grupal;

- Consciencialização das suas dificuldades e problemas;

- Início da mudança de atitudes e comportamentos;

- Desenvolver a capacidade de se relacionar consigo próprio e com os outros;

- Elaboração de uma carta de balanço do trabalho da primeira fase, especificando os objetivos para a passagem de fase seguinte.

Segunda Fase (mais ou menos 5 meses):

 

- Centra-se num trabalho psicoterapêutico, mais intenso, profundo e prolongado, ao nível das dimensões cognitivas, emocional, e comportamental/vivencial;

- É feito um trabalho de reaproximação sócio familiar, com vista a reestruturação dos vínculos;

- Desenvolvimento de capacidades confrontativas;

- Aumento da consciencialização/clarificação das emoções;

- Ênfase da história de vida e reorganização/consciencialização da mesma;

- Responsabilização dos comportamentos;

- Avaliação de toda a evolução do projeto desta fase mediante da elaboração da apresentação da carta de passagem de fase, carta que será lida, debatida e aprovada em reunião de fase.

Terceira Fase (mais ou menos 4 meses):

 

•Grupo de Entrada:

- Elaboração/Organização do dossiê pessoal com vista aos objetivos específicos desta fase;

- Realização de tarefas especificas (Terreno neutro,  “saída noturna”);

- Treino de competências sócio profissionais.

•3ª Fase propriamente dita:

- Trabalho em torno dos pontos do dossiê;

- Treino na resolução de problemas;

- Dar início à implementação do seu plano de reinserção sócio profissional;

- Prevenção de recaída.

•Grupo de Saída:

- Organização da sua saída da comunidade;

- Passagem de testemunho para os outros residentes;

Programa Especifico para Alcoólicos (6 a 12 meses):

 

   A Comunidade possui um grupo de tratamento de alcoólicos (Grupo A) desde Setembro de 2009, com capacidade máxima para 8 residentes;

 

Grupo de Entrada (15 dias a 1 mês):

 

- Adaptação às regras e funcionamento da comunidade;

- Melhorar hábitos de auto-cuidado e reabilitar a condição física;

- Compreender e estar motivado para a necessidade de um projeto terapêutico;

- Estruturar um projeto pessoal e os objetivos do mesmo;

- Identificação da rede de apoio, nomeadamente do co-responsável.

Primeira fase (mais ou menos 3 meses):

 

- Avaliação física, psicológica e social;

- Implementação do projeto pessoal;

- Iniciação do trabalho psicoterapêutico e consciencialização do problema;

- Compromisso e motivação para o projeto terapêutico ;

- Início da mudança de atitudes e comportamentos;

- Desenvolvimento da capacidade de se relacionar consigo próprio e com os outros;

- Criação de espírito e dinâmica de grupo, inserindo-se no funcionamento diário da segunda fase;

- Trabalho em torno das consequências do alcoolismo (físicas, sociais, familiares, funcionais);

- Primeira reunião familiar;

Segunda fase (mais ou menos 3 meses):

 

- Continuação do trabalho psicoterapêutico;

- Conhecimento mais profundo do percurso de vida do utente através do gráfico de vida;

- Treino de competências sociais;

- Trabalho em torno do aumento de auto-estima, auto-conceito, auto-confiança, auto-controle, responsabilização, entre outras;

- Aproximação Progressiva ao exterior;

- Continuidade do trabalho de aproximação familiar;

Terceira fase (mais ou menos 3 meses):

 

- Continuação da aproximação ao exterior e do treino de competências sociais;

- Elaboração do dossiê pessoal;

- Prevenção de recaídas;

- Reinserção sócio profissional.

© 2023 por Nome do Site. Orgulhosamente criado com Wix.com